Traduzido de Yoraikun

Capítulo 40: Guerra começa! E um desenvolvimento repentino?

«Ponte Gedalt». Aquela era a única ponte conectando os continentes Gabranth e Evila. E neste exato momento, dos dois lados da ponte. os Gabranth e os Evila se encaravam.

“Aqueles canalhas. Eu tinha certeza de que eles iriam estacionar as tropas deles já do nosso lado…”

A pessoa que murmurou aquilo foi O Rei do «Reino das Feras, Passion», e aquele que estava servindo como supremo comandante das forças do país: Leowald King. Sua juba elegante balançava ao vento, enquanto seus afiados olhos de leão olhavam fixamente para o outro lado da ponte.

Ele tinha agido sob a suposição que os Evila iriam estacionar as tropas deles deste lado  para prevenir que eles cruzassem. Mas parece que ele estava enganado.

“Droga, se eles estivessem do nosso lado da ponte, eu faria carne moída com eles.”

A pessoa dizendo isso com uma expressão cheia de pesar era o segundo príncipe, Lenion.

“Como esperado da guerra. nem tudo vai ir como planejado.”

Por um motivo diferente do de Lenion, o primeiro príncipe Leglos também tinha uma expressão pesarosa.

“Pai, o que nós deveríamos fazer? Eles posicionaram uma grande força daquele lado. Eu acho que seria melhor esperar e ver qual vai ser o movimento deles.”
“Sim, isso ainda está dentro das expectativas. Nós vamos nos manter com nosso plano inicial. Primeiro… nós vamos usar aquilo.”

Com aquelas palavras, as pessoas que o cercavam soltaram sorrisos perigosos.

“As preparações já estão prontas, Yuhito!?”

Ao chamar o nome, o homem em um jaleco branco apareceu atrás dele.

“Nyohohohoho! Nós estamos prontos quando você estiver! Vamos confirmar os resultados da minha pesquisa o quanto quisermos! Nyohohohoho!”

Seu cabelo estava despenteado seu jaleco estava desgastado. O homem usando óculos espiralados e dando uma impressão de estar sujo deu risada alto.

“Bom, então solte a primeira «Legião em de Composição»!”
“Nyohohohoho! Crouch, faça!”

Um beastman pantera negra com o corpo todo coberto em preto ficou diante de todos.

“Entendido nya.”

Ele colocou seus braços no chão em frente a ponte.

“Agora é hora de trabalhar nya. Saiam nya.”

O bracelete no braço de Crouch emitiu uma luz duvidosa.

Zuzuzuzuzuzuzuzzuzuzuzu…

A sombra em volta dos pés dele gradualmente aumentaram de tamanho. E dela, o formado de monstros começaram a se formar. Entretanto, aqueles não eram monstros comuns.

Várias partes do corpo deles estavam corroídas, e a pele deles estava purulenta. Um cheiro de podridão suficiente para quebrar o nariz de alguém permeou o ar. Mas os olhos dos monstros davam um senso de vida junto com uma luz vermelha.

Monstros jorraram da sombra sem parar. E num ritmo casual, eles começaram a cruzar a ponte.

“Nyohohoho! Vão em frente! Minha legião imortal de zumbis!”

Naquele momento, do outro lado da ponte, tendo visto os movimentos dos Gabranth, os soldados reportaram para aquele que pediu ao Rei Demônio Eveam para coloca-lo naquela posição: «Rank 2» dos «Cruel», Marione.

“Entendo, entendo. Então eles começaram a se mover. Aqueles brutos sujos. Eu vou manda-los para o esquecimento.”

Sede por sangue, tão poderosa que até os soldados do lado dele tremeram de medo, subiu através do corpo dele. Sua esposa e filho ambos haviam sido mortos pelos Gabranth. Por isso, ele tinha uma insaciável fúria direcionada à raça das feras.

O motivo por ele pessoalmente ter pedido para participar nas linhas de frente era porque ele acreditava que isso permitiria que ele trucidasse o maior número de beastmen possível.

“… Marione-sama”
“Oh, o que é, Chugay?”

Quem apareceu de repente atrás dele era um homem chamado Chugay. Em sua cabeça havia um único, longo chifre. Como uma mascara seu rosto nunca mostrava uma mudança de emoção.

“Parece que eles estão usando monstros como sua linha de frente. Que plano de ação você deseja usar?”
“Hmm. pelo que eu ouvi, um dos pesquisadores deles descobriu um jeito de fazer com que os monstros lutem por eles.”
“Parece que era verdade. Tem alguns monstros de Rank S entre eles.”
“Hmm, eles pensaram que eles poderiam fazer alguma coisa com alguns míseros Rank S’s?”
“Eu acredito que eles são peças descartáveis para provocar uma reação nossa.”
“Isso significa que há uma grande chance de que eles tenham monstros muito mais fortes com eles. Hmm, aquelas bestas desesperadamente lutaram por poder devido as forças decadentes deles. Eles ganharam algum conhecimento desnecessário.”

Ele estalou sua língua de forma irritada.

“Marione-sama.”
“Hmm?”
“Por favor conceda a mim, Chugay, uma parte nisso. Deixe-me determinar se as forças daquelas bestas imundas seriam uma ameaça ou não.”

Ao receber aquelas palavras, Marione riu.

“Tudo bem. Mas pare nos monstros. As bestas serão… mortas pela minha mão.”
“Entendido!”

Chugay desapareceu no ar.

“Olhem bem, malditos brutos. Eu vou exterminar até o último de vocês.”

“Como está a situação?”

Enquanto Leowald levantou a questão para Yuhito, ele riu enquanto respodia.

“Nyohohohoho! Parece que eles mandaram apenas uma pessoa! Mas ele parece ser bem habilidoso! Nyohohohoho!”
“Então eles vão nos enfrentar no meio da ponte. Além do mais, com uma pessoa? Quem é ele?”
“Eu usei os olhos dos meus preciosos zumbis-chan para observa-lo. Parece que eles mandaram Chugay!”
“Pai, eu acredito que Chugay era subordinado de Marione.”

Leglos comentou, e Leowald arregalou um pouco os olhos..

“Entendo, então um dos «Cruel» está no comando.”
“Eles já mandaram a força de combate pessoa do Rei Demônio, os Cruel. Além do mais, Marione deve ser «Rank 2». Para tal pessoa estar nas linhas de frente… existe um motivo?”
“Nyohohoho! Baseado na minha pesquisa ele tem um grande rancor pelos beastmen!”
“Então é isso, ele quer tirar nossas vidas com as próprias mãos… essa é provavelmente a intenção dele.”

As palavras de Leowald acertaram em cheio.

“Se é apenas Chugay, os monstros devem ser capazes de segura-lo, mas o que devemos fazer?”
“Eu vou avançar.” (Yoraikun note: Ele usa Ore-sama)
“Lenion.”
“Eu não posso ficar parado. Alguém precisa abrir caminho, certo?”
“Espera um segundo, Lenion, não há motivo pra um príncipe ir ainda.”
“Aniki, essa guerra. Se você quiser vencer. você tem que usar o que tiver. Por sorte, meu «Contrato» é perfeito para lugares abertos como este.”

Lenion olhou para a ponte que se estendia em linha reta.

“Também, se são apenas monstros, não importa se eu acerta-los com meus ataques também, certo? Bem, talvez os soldados ficariam satisfeitos se eles fossem morrer pelos meus ataques.”

Olhando pro sorriso feroz de seu irmão, Leglos pensou consigo mesmo, ‘se o coração dele fosse só um pouco mais quente, Lenion seria um melhor príncipe que ele’.

Baseado em habilidade, a de Lenion era maior. No mundo dos beastmen que coloca força acima de tudo, o próximo rei teria sido ele. Infelizmente, a personalidade dele não era uma que era muito apreciada.

Ele era muito militarista, e ele não se importava com o povo. Ele seria uma desgraça como Rei.

“Oy, Oyaji, quê cê vai fazer? Eu posso ir?”

Ouvindo as palavras de Lenion, Leowald pensou por um segundo.

“… Entendi. Mas espere um segundo.”

Enquanto ele disse aquelas palavras, os soldados que estavam observando a ponte levantaram suas vozes.

“O que há de errado!?”

Leowal gritou, achando que talvez o outro lado tivesse feito algum movimento drástico.

“Ah, não, alguma coisa do outro lado…”

Ao ouvirem as palavras do soldado, todos redirecionaram seus olhares.

“O que você quer dizer com alguma coisa… ?”

Eles concentraram a atenção deles no outro lado da ponte .E sobre ela, dois items estavam flutuando em pleno ar.

“O que… são aqueles…?”

Aquela era a pergunta que estava na mente de todos.

“O que está acontecendo!?”

A voz irritada de Marione ecoou. O motivo disso era a comoção acontecendo entre os soldados, e o acampamento estava ficando barulhento.

“Aconteceu algo com o Chugay?”

Foi o que veio a sua mente. Ele tinha deixado tomar conta dos monstros pra ele porque ele pediu. Poderia ser que ele perdeu?

“N- Não…”

Os rostos dos soldados estavam pálidos. Alguns deles estão sem expressão. Como se eles tivessem visto algo que eles não podiam acreditar.

“Todos vocês! Se algo aconteceu, expliquem!”
“S- Simm!”

A ira de Marione fez com que eles retomassem seus sentidos. Eles se ajoelharam diante dele e explicaram os eventos que ocorreram. E ao ouvir as palavras deles. A expressão de Marione congelou.

“O que você quer dizer!?”
“Hii!”
“Por que fez algo assim!?”
“E- E- Eu nããããão sei”

Os soldados desesperadamente responderam, mas nada mais entrou nos ouvidos de Marione. Sua mente estava em desordem pelas palavras que ele tinha acabado de ouvir.

Ele virou seus olhos para o espaço sobre a ponte para confirmar. Haviam definitivamente duas coisas lá.

(P- Por que… O que isso significa…?)

Ele rangeu os dentes, e ele murmurou pra si mesmo.

“Por que aqueles dois estão aqui…”

Ambos os lados notaram a existência dos dois objetos. Ambos estavam se perguntando qual era o objetivo deles. Os objetos flutuaram até bem no meio da ponte e pararam.

Ambos objetos eram, como o lado dos Evila supôs, pessoas. O primeiro tinha um lindo cabelo dourado e estava suavemente vestido com uma armadura vermelha. Era Eveam. O segundo tinha cabelo vermelho como o sangue e estava vestindo uma armadura preta. Era Aquinas. Ambos tinham brotado grandes asas de suas costas.

Ambos olharam em direção a batalha a baixo, entre os monstros zumbis e o subordinado de Marione, Chugay.
Chugay notou a presença deles e estava estupefato que a existência que ele estava lutando audaciosamente para defender vagava pelo campo de batalha.

“Recue, Chugay!”

Eveam disse como tal, mas Chugay não tinha ideia alguma do que estava acontecendo. Sua mente não podia acompanhar o desenvolvimento repentino. Ele nunca ouviu que algo do tipo fosse acontecer, e mesmo que ela estivesse acompanhada pelo «Rank 1» Aquinas, para o Rei Demônio se expor despreocupadamente era apenas imprudente.

“Se você não quer ser envolvido nisso, se afaste.”

Numa voz indiferente, Aquinas falou, mas para Chugay, Aquinas não era seu mestre. Ele não recebia ordens dele. Para ele, Marione era quem merecia ser «Rank 1».

Então ele honestamente fez sua parte em desacatar as ordens de Aquinas. Mas vendo a imobilidade dele.. Eveam gritou irritada com ele.

“Apenas mova-se logo! O Rei demônio está te ordenando!”
“S- Sim!”

Mesmo ele não podia desacatar as palavras do Rei Demônio. Se ele desacatasse, então a responsabilidade de suas ações cairiam sobre Marione. Mas ainda, esse lugar foi deixado pra ele, então ele estava um pouco insatisfeito por ser obrigado a partir sem uma explicação.

“Eu vou deixar explicações pra depois. Apenas saia daqui rápido! Também repasse meu comando, não deixe que ninguém se aproxime daqui!”Ele não entendeu a intenção das palavras de Eveam, mas uma situação irregular estava acontecendo diante dele. Ele determinou que ele teria que reportar isso à Marione, então ele brotou asas de suas costas e partiu.

“Você está pronto, Aquinas?”
“Sim.”

E os dois baixaram suas costas e sacaram suas espadas. Por algum motivo, aquelas laminas se encontraram se alojando no braço esquerdo daqueles que as empunhavam. De seus braços cortados, uma grande quantidade de sangue fluía. O sangue pingava continuamente em direção ao chão.

“Deixe-me perguntar de novo. Você está certa disso, certo?”

Aquinas questionou, e enquanto o rosto de Eveam estava rígido, ela respondeu com uma voz forte.

“Sim, eu já decidi.”

Ela ergueu seu braço esquerdo ensanguentado sobre sua cabeça, um grande circulo mágico manifestou-se. o sangue dela foi puxado em direção ao circulo mágico e o pintou de vermelho.

Aquinas voava acima daquele circulo e mantinha seu braço esquerdo em direção ao chão. Um circulo mágico similar apareceu diante dele. Os dois círculos estavam separados por exatamente 30 metros.

O sangue de Aquinas também foi absorvido pelo circulo dele, e seu circulo ficou vermelho.

De repente, um som como aquele da terra tremendo ecoou. O céu claro repentinamente escureceu com nuvens negras, e relâmpagos começaram a correr por ele.

Entre os dois círculos, uma massa negra foi produzida. Raios pretos surgiram em volta dela, enquanto ela gradualmente ficava maior

E dos dois lados, pessoas começaram a perceber exatamente por qual motivo os dois tinham aparecido.

Anúncios